Tudo que você e eu poderíamos ter sido se não fôssemos você e eu.

Hey gente, eu li "Tudo que você e eu poderíamos ter sido se não fôssemos você e eu" (ufa!), no final de 2014, e eu não sabia nada sobre o livro, eu geralmente, compro livros pela capa, pelo título, ou pela sinopse. E esse, no caso, foi pelo título.

E se de repente a Humanidade descobrisse forma de não dormir? O que seria dos sonhos? Uma história de amor incomum que se transformou no maior sucesso comercial espanhol de sempre.
“Não sei se o meu dom me encontrou a mim ou eu a ele. O meu dom…É difícil de explicar. Como aprendi a utilizá-lo é ainda mais estranho de relatar. Como acabei por trabalhar para Eles, acho que também não é nada simples de explicar. Mas quero contar-vos. Há coisas, pequenos detalhes, que formam parte de nós próprios e nos fazem ser como somos. E o dom era algo que me definia. Ainda que o utilizasse muito pouco. Fazia-me sentir mais vivo. Se estivesse a usar o dom quando vi a rapariga do Espanhol talvez não tivesse sentido o mesmo por ela. O que senti foi primário, foi muito autêntico. Como podia ter tantas saudades dela sem a conhecer? O ser humano é mágico e indescritível. Sentia algo especial ao voltar a recordá-la. Aquela confiança não deve surgir entre desconhecidos mas que às vezes existe e é mais intensa do que a que sentimos por alguém que faz parte do nosso ambiente há mais de vinte anos. Ela não se tinha apercebido da minha presença, não tinha sentido que os meus olhos não se tinham afastado dos dela nem por um instante."
Resenha:
Marcos acaba de perder a mãe, uma famosa coreógrafa Que lhe ensinou Tudo na vida, e decide Que seu mundo Não pode permanecer o mesmo sem ela. Bem no momento em Que vai dar uma guinada na vida, uma ligação muda radicalmente os acontecimentos. É a polícia, Que precisa da ajuda de Marcos, pois ele tem um dom muito especial: consegue ler as memórias mais importantes de uma pessoa só de olhar para ela. E na delegacia há um “estranho”, um alienígena Que acaba de aterrissar na Terra, e Que só ele poderá desvendar. Porém Marcos Não consegue exercer seu poder sobre esse jovem, Que parece conhecê-lo. O estranho sabe Que a mãe de Marcos morreu, Que ele sente muita falta dela e Que Não consegue tirar uma certa garota da cabeça. E juntos eles embarcam em uma nova jornada. Em Tudo Que Você e eu Poderíamos Ter Sido se Não Fôssemos Você e eu, Albert Espinosa constrói uma história de amor Que se estende para além da morte, uma fábula encantadora escrita em seu estilo peculiar, Que mescla humor, ternura e verdade.

Minha Opinião:
Como eu disse, eu comprei o livro pelo título, e não pela história em si. Tanto que emprestei para minha mãe ele (antes de ler) e ela chegou do trabalho falando "Amanda, tem ET's nesse livro", acabou sendo engraçado, pois tinha pensado que o livro contava uma história de amor pelo livro, e ele quebra suas expectativas (isso foi meio que um spoiler, mas ignorem, não falei tão explicítamente). Ele é muito fácil de se ler, e muito rápido também por causa da linguagem de fácil compreensão. Não posso dizer que ele foi o melhor livro que li, porque realmente não foi. Ele ficou "na média", pois há partes no livro que mesmo sendo uma ficção, é possível adotarmos em nossa vida cotidiana, ele me lembrou muito um livro de autoajuda em algumas partes, mas estava bem subscrito. 

Para saberem mais sobre o livro, achei um booktuber que falou sobre o livro:



Espero que tenham gostado o post.
Beijos
Mands
 

Um comentário

  1. Oiiir, amei o teu blog guria!!! muita coisa pode e me inspira aqui! .. estarei sempre por aqui agora.... Hoje eu postei sobre como fazer um croqui (de moda) .... e eu amaria saber que alguem tentou desenha-lo do jeito que eu aprendi =D Da uma olhadinha lá mimimimi AQUI http://goo.gl/lyg7Ni
    Ah! tu tem página no FB? se sim, quero te ADD - nhannhann

    BLOG - WWW.PORDANIELE.COM
    PAGE - www.facebook.com/xoxopordanielearaujo



    XOXO

    ResponderExcluir